terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Iluminador das Estrelas!






                       A tendência das estrelas agora é o Strobing!         
           O strobing, por definição, é uma técnica desenvolvida para iluminar o rosto.  
 A técnica consiste em aplicar iluminador em diferentes áreas do rosto para atingir um efeito de glow saudável e natural
          Enquanto o contorno usa produtos escuros para dar a impressão de uma face mais fina, o strobing vai na contramão e brinca com iluminadores para aumentar os pontos altos do rosto, como o arco da sobrancelha e as têmporas.




                                     Foto: Cosmopolitan/ModeMulher


Dicas

· Se você tem pele clarinha, vá de iluminadores de fundo rosado; se você é morena ou bronzeada escolha os dourados; se tem pele negra, aposte nos acobreados.
· Misture o iluminador à base ou ao hidratante para conferir um resultado ainda mais suave.

-Com gliter o brilho ainda é maior.









Brilhe!

:)

O que é Moda Sustentável ?

             

              A moda sustentável é aquela que, em todas as suas etapas, preza pelo respeito ao meio ambiente e à sociedade, valorizando as pessoas envolvidas na produção e incentivando o consumo consciente.
              Com base nesses princípios, trabalha-se com matérias-primas menos poluentes, também produzidas de forma sustentável, buscando a redução do desperdício e o uso racional de recursos como água e energia elétrica.
              O conceito de sustentabilidade aplicado à moda propõe produção mais humanizada, sem a exploração da mão de obra, com remuneração mais justa. Além de produzir peças cujo design e funcionalidade favoreçam o uso duradouro.
             A sustentabilidade na moda tem crescido e conquistado espaço principalmente devido ao trabalho de ateliês, cooperativas e oficinas, muitas delas situadas em comunidades carentes, gerando empregos para a população, formando redes de crescimento em localidades que necessitam de investimentos.
          A moda sustentável também trabalha com a valorização de saberes tradicionais, com o resgate de técnicas de costura manuais e práticas artesanais que agregam valor às peças e ajudam na afirmação da identidade cultural.
         Bolsa feita de teclado!



Chic é ser Sustentável!




Como fazer isso:
Produção com fibras naturais (algodão orgânico, linho, lã, cânhamo) ou com tecidos alternativos, como os feitos com garrafa pet ou de fibra de bambu.

Reaproveitamento de rejeitos de tecidos, couro ou materiais sintéticos descartados pela indústria.
Ecojoias e biojoias, acessórios produzidos com matérias-primas recicladas ou naturais.
Fichinhas de coco tingido:




Ecobags, bolsas confeccionadas com materiais sustentáveis.

           -Como se transforma o Pet em fios, tecidos e malhas:
         O flake (O PET moído é chamado de flake ou floco).é encaminhado para a indústria de fibras, onde é transformado em fibra de poliéster. Para que esse processo aconteça, é necessário aquecer os flocos até se tornaram uma espécie de pasta. A pasta obtida do aquecimento do flake é tingida (ou não) e então passa por microfuros que a transformam em uma fibra mais fina do que um fio,  depois do resfriamento com óleos, essa fibra é esticada para secar e é cortada em pedaços ,ficam parecidas com flocos de algodão, depois se transformam em fios que fazem os tecidos. 
Muito Chic!!!




:)


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Como disfarçar quilinhos á mais?


        Quilos á mais, não se preocupem, vão aprender a valorizar mais seu corpo e esconder as imperfeições que desejarem.

        Use Looks monocromáticos, eles são a certeza de um look elegante e bonito. A dica é apostar em looks monocromáticos de cores escuras como preto, azul marinho, bordô e verde esmeralda.

        No comprimento com coxas grossas, algo muito curto não irá cair muito bem.
        Mas a dica é procurar sempre o equilíbrio. Cuidado com os comprimentos mullet e midi.

       Temos sempre uma parte do corpo que nos incomoda mais, pode ser a coxa, a barriga ou até mesmo o braço. A dica é não usar peças coloridas, estampadas ou com qualquer diferencial perto da área que você não gosta. Isso faz com que você não chame atenção para essa área e ela passe despercebida.
Ex: Uma blusa mais comprida diminui seu bumbum, enquanto uma calça colorida pode aumentar.

      Também temos sempre aquela parte do nosso corpo que gostamos, então dê destaque para ela, Ex: adora seu colo, vamos chamar atenção para ele, com um decote bonito, o V alonga muito a silhueta.

        Não use roupas pequenas que podem marcar a calcinha, marcar uma gordurinha ou até mesmo marcar várias gorduras. 


        Use estampas com as listras finas verticais que podem enriquecer suas produções. Ajudam a afinar a silhueta e são extremamente Chics. Lembrando que precisamos tomar cuidados com listras e volumes juntos, ele podem dar uma ilusão de Ótica nos volumes no nosso corpo com listras retorcidas, que só irá aumentar a silhueta.

       Use tecidos mais estruturados porque eles não vão marcar, esse tecido dá a impressão que sua silhueta é mais fina e alongada. Use saias longas com tecidos mais moles  e se puder algumas camadas com fendas que daram uma leveza na roupa. Se o corpo está pesado, precisamos equilibrar com a leveza.

        Bolsas grandes ficam melhores em mulheres altas, se você for baixinha prefira as médias para equilibrar com o look porque uma bolsa grande pode desvalorizar. E lembre-se de não usar as bolsas de lado, isso alarga o quadril, quando colocar uma bolsa no ombro, prefira as com alças compridas que alongam a silhueta.
       Para disfarçar alguma parte do corpo é só usar uma bolsa ou sapato colorido.

        Nos pés, prefira sapatos que mostrem o peito do pé. Porém botas completamente fechadas podem ficar lindas.
       Use lenços, echarpes, óculos escuro, pulseiras, brincos, anéis, colares… Basta lembrar de usar os acessórios nas partes que você quer chamar atenção!

– Podem usar modeladores que não marquem.
– Para as que tem pouco peito podem abusar de peças com volume nessa região, como as peças com drapeados.
Arrasem!



:)






Como se vestir quando se está muito magra!











       O bom de ser magra é que não tem que pensar que se misturar várias cores pode parecer gordinha. Então, abuse disso, use peças coloridas.

                     
      Use estampas, pode ser florida, formas geométricas, podendo usar listras horizontais, ou até mesmo o dip dye e o tie dye.







     Aprenda a usar texturas e cores, como couro, renda, tule, paetê ,.... Aprenda a usar mais esses elementos porque eles ajudam a disfarçar bem quando você é magra e se forem peças coloridas então, perfeito. 
     Use peças que dão volume. 
As cores e texturas dão volumes, mas além disso existem tipos de costura que dão volume. É o caso dos plissados, drapeados, babados, peplum, pregas, entre outros.









    Tudo com muito equilíbrio, depois de dar tantas opções de texturas, volumes e pedir para vocês misturarem cores a dica é: cuidado com o exagero. 

    Escolhendo o sapato certo, se você é alta, opte por botas e sapatos como ankle boot que são lindos e não alongam a perna como um scarpin ou peeptoe.
Se você é baixa: Sinta-se livre para usar o sapato que quiser, até mesmo ankle boots.







    Use a bolsa da maneira certa, quando a bolsa é usada transpassada no corpo ela aumenta e quando é usada no ombro ela afina, logo, se você não quer parecer tão magra, use as transpassada.





Bolsas grandes também podem fazer parte do seu closet sem medo.
Outra dica é usar vestidos estampados ou coloridos que não farão você parecer tão magra, ainda mais se forem combinados com um sapato mais pesado que é o caso das ankle boots.


Arrasem!




:)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Tudo sobre todos os Trajes!

Dress Code:

Traje Esporte

        Esse é o traje mais simples e mais informal, o traje que nós usamos no nosso dia-a-dia. É muito usado para eventos diurnos e ao ar livre. Simples e informal não significa que seja qualquer roupa. É sempre essencial vestir-se bem.

Homens
-Calças jeans ou gabardine com uma camisa de tecido ou camisa polo de malha. Dispensa gravatas e paletó, mas recomenda-se o uso de um blazer em dias frios. Para os pés, um “sapatênis” cai muito bem.

Mulheres
-Calças lisas ou estampadas, vestidos leves e floridos (inclusive os de alças), terninhos, bermudas, blusas. ( crepe, algodão e linho ) As bolsas devem ser de tamanho médio a grande e de material menos social possível. Use o mínimo de brilhos, jóias, bijouterias e afins. Sandálias baixas, sapatilhas e mocassins. Pouca maquiagem.

         No inverno, calças ou saias, com suéteres, mocassins com meia de lã coloridas. Terninhos esportivos. ( Veludos, camurça e malhas )

       Geralmente os eventos são: Batizados, Almoços e Exposições.

Esporte fino / Passeio / tenue de ville

         É o estilo mais intermediário, geralmente usado para ocasiões de certa importância, porém com um ar um pouco descontraído. Deve-se tomar mais cuidado pois existe uma certa formalidade presente.

Homens
Aqui, recomenda-se o uso de calças sociais ou de brim em conjunto com uma camisa de tecido e um blazer. Se estiver frio, uma camisa de malha com gola rolê cai muito bem. Para os pés, um sapato com bico mais arredondado.
Se o convite indicar tenue de ville, é aconselhável o uso da gravata, seja de dia ou de noite.


Mulheres
Se o evento vai até as 18h, túnicas, pantalonas, tailleur com calça ou saia. (sedas, microfibras, linhos, algodões e jérseis ) Para a noite, o recomendável é o tão famoso “pretinho básico”. Os vestidos só vão até os joelhos (longuete), com tecidos mais nobres. Brilhos devem ser usados com moderação. Bolsas ainda esportivas, mas um pouco menores, sapatos  depois das 18h de salto.

         Geralmente para eventos como Vernissages, almoços, conferências, Teatro...

Passeio completo / Social

         É um estilo mais sério, com mais formalidade, usado em ocasiões de importância tal como reuniões, encontros de negócios, jantares, apresentações, etc.

Homens
Para os homens é muito fácil. Terno e gravata. Nos ternos, é comum usar-se os lisos ou de dois padrões. Gravatas e sapatos escuros.

Mulheres
Aqui, reinam os vestidos de mousseline (longos a noite e longuetes de dia) , tailleurs, conjuntos de crepe, tailleurs de seda.  Decotes, fendas e transparencias (todos devidamente moderados) começam a aparecer mais. Os tecidos são nobres, as jóias ganham mais espaço. Sapatos ou sandálias de saltos altos, com meias finas. os xales e echarpes maiores de tecidos nobres, ou blazers e spencers sofisticados. Os cabelos e a maquiagem tem que estar mais trabalhados.

          Geralmente para eventos como jantares, coquetéis, óperas, grandes comemorações...

Gala / Black Tie / Traje / tenue de soirée ou rigor

         São os trajes utilizados em bailes e eventos com muito glamour.

Homens
Sem muita conversa, aqui usa-se o Smoking. O ideal é se usar a cor preta. Dê uma atenção especial ao seu caimento pois aqui, cada detalhe é muito importante. A gravata é borboleta. Se estiver muito quente, em festa geralmente de dia, admiti-se o summer ( igual ao smoking mas com paletó branco. Os sapatos devem ser pretos e podem ou não ser de verniz.

Mulheres
Vestidos longos, normalmente com bainha abaixo do tornozelo (talvez até uma discreta cauda). Decotes, aberturas, transparências e brilhos podem ser usados. Os tecidos mais preciosos como brocados, metalizados, tafetá de seda, shantungs, georgettes,...Saltos altos, meias finas (de seda), carteira pequenas ou de metal. Jóias, estolas e echarpes aqui tem seu lugar.  Os cabelos podem estar soltos, mas o ideal é prender. A maquiagem é fundamental e deve estar perfeita.


Geralmente casamentos, entrega de prémios...

Arrasem em todos!



:)

Que saia fica melhor para cada corpo!

Qual é a sua?


Tipos de saias:

















     Saia Reta

Esta é um básico, o seu tamanho não difere da cintura e da parte inferior e por isso fica bem com todo o tipo de corpo, à excepção do biótipo mais quadrado e sem formas. 

    Usa-a com tops mais chamativos, volumosos para tentar criar cinturinha e dar um ar mais divertido à saia. Fica bem em todas as idades, o seu comprimento, contudo, deve aumentar com a idade.

Saia Envelope


   A saia envelope é constituída por 3 partes diferentes que se sobrepõem entre si. Tem vários comprimentos e por isso torna-se adequada a todas as idades.


     Para as mais jovens usam-se as mais justas e até curtas, contudo, devem ter cuidado se têm os quadris largos, pois estes vão se salientar. Sendo assim, é aconselhada a quem quer equilibrar a silhueta por ter uns ombros mais largos, ou para quem quer criar curvas. 

     É super adequada para uma saída à noite, um jantar mais romântico e um evento ao final da tarde, conjugando-a com os acessórios certos e com uma camiseta mais larga.

Saia Lápis


    Esta é a saia por excelência de um estilo mais executivo. Confere um ar profissional, clássico e dá seriedade ao conjunto, mas se usada com uma regata bordada, por exemplo, fica um look mais despojado e sexy.

    Justa ao corpo, afunila desde a cintura e por isso favorece corpos mais proporcionais do tipo ampulheta. Quem tem menos quadris pode apostar sem medo neste tipo de saia.


Midi

Já falei pormenorizadamente deste tipo de saia, mas resumidamente, apareceram em 1950 com um toque mais retrô.

Estas assumem vários modelos em 4 dedos abaixo dos joelhos. (Midi: vem do inglês ‘midskirt’ onde mid significa ‘meio’ ou seja: é a saia que termina no meio da panturrilha. Portanto, saia midi se refere apenas aos comprimento e não à modelagem.)

Saia Evasée


       Conhecida também por saia em forma de "A", esta saia surge nos anos 60 para alegria de todas as mulheres, já que favorece todos os tipos de corpo. Caracteriza-se por ser justa na cintura e alargar na parte inferior, podendo chegar até aos joelhos.

        Disfarça quadris mais salientes, dando a impressão de umas pernas mais magras. É importante ter consciência do comprimento. Se tiver pernas mais grossas, deixar a saia mais comprida. 

         Ficam bem a quem tem um biótipo semelhante a uma ampulheta, retângulo, triângulo invertido, oval ou triângulo.


Saia Plissada


        O próprio tecido desta saia é bastante vincado. É ideal para mulheres magras uma vez que cria volume na silhueta. Quem tem quadris estreitos, biótipo retangular, triângular invertido e oval deve apostar nela, o objetivo é equilibrar uma figura, onde os ombros são mais largos e sem curvas. As linhas do plissado alongam muito a Silhueta.

        São adequadas para várias situações desde do trabalho até a uma festa num estilo mais vintage.

Saia Enviesada


        Semelhante ao modelo Plissado, este tipo de saia propicia a quem a usa uma silhueta violão. É bastante romântica, fluída com o tecido cortado na diagonal que vai criar formas a quem não as tem.


Saia Tulipa
      Esta saia tem a barra na cintura bastante justa e toda a parte inferior larga. Feita a pensar nas mulheres mais altas e magras, para que estas consigam criar a ilusão de rabo e quadris e um corpo com mais curvas. Por isso estão interditas a quem já tem uns quadris e bumbum grandes.

Saia Balonê

      Igualmente volumosa e como tal merecedora das atenções referidas anteriormente, com o acréscimo de ser bastante infantil. Como tal evita cores mais infantilizadas como rosa, azul, verde menta e aposta em cores mais sóbrias e adultas.  


       Favorece uma tipologia corporal mais retângular e triângulo invertido, uma vez que arredonda o quadril. Aconselha-se o seu uso com uma blusa mais soltinha.


Minissaia


      Esta dispensa apresentações, exige umas pernas tonificadas por as colocar em evidência.

         Favorece quem tem o corpo em forma de ampulheta, retângulo, triângulo e triângulo invertido.

Maxisaia


        Ficam bem em todas as mulheres, as mais magras devem escolher as estampadas e volumosas e as mais baixas e cheinhas as mais fluidas sem qualquer drapeado ou franzido numa cor sóbria.

Saia Godê



       É uma saia rodada, solta, que confere movimento ao visual ao mesmo tempo que marca a cintura. Fica bem com camisetas mais justas.

      Contudo, aumenta a região do quadril e por isso fica melhor numa tipologia mais retangular e triângulo invertido. Sendo adequada a várias situações.



Arrasem!




:)

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Como escolher um terno/ blazer Chic!









  







    As ombreiras devem terminar com os seus ombros, sem ultrapassa-los. 


   Com o paletó abotoado deslize a palma da mão embaixo da lapela, os botões não devem repuxar. Feche a mão com ela ainda por dentro do paletó, irá fazer um volume maior e ai sim os botões irão repuxar um pouco, se não repuxar talvez o blazer esta muito grande, tente um numero menor.


   Os primeiros botões do paletó de dois botões ou os botões do meio de um paletó de três botões nunca devem estar abaixo do seu umbigo. 


   O comprimento correto do paletó é quando com os braços esticados na lateral do corpo a articulação do meio do dedão estiver na mesma altura do comprimento do paletó.


   O comprimento correto da manga de seu paletó é onde a base do dedão encontra seu pulso. 


   O punho da camisa sempre deve aparecer entre 1,2 a 1,5 cm. 


   O caimento na parte de trás deve ser uniforme e sem nenhum tipo de vinco ou dobra.

   Arrasem!





 :)